Imagem capa - Fotografia Corporativa - Preparando o Ambiente por Francis Larsen

Fotografia Corporativa - Preparando o Ambiente

Confira, neste artigo, a importância de se preparar um ambiente corporativo antes de fotografar e como deve ser feito essa preparação.


 Antes da obra, o projeto. Depois da obra, a fotografia. Esse é o resumo da sequência normal de trabalho para arquiteto(a)s e designer de interiores que fotografam seus projetos finalizados para montar um portfólio profissional. 


Mas um detalhe importante as vezes é deixado de lado e isso pode comprometer a qualidade das fotos, é a preparação do ambiente para ser fotografado. E se tratando de um ambiente corporativo, o assunto pede uma atenção maior ainda.  


Afinal, o que significa preparar um ambiente corporativo antes de fotografar?


Significa organizar os materiais individuais que ficam em cima da mesa, retirar o que não combina com a decoração e com a composição do ambiente. Limpeza é básico e devemos ficar atentos a tudo, principalmente espelhos e objetos que refletem a luz, é ali que aparecem possíveis manchas.


Outro ponto importante é o envolvimento de todos (fotógrafo, arquiteto(a)/designer de interiores e o cliente) A participação é fundamental, pois é preciso, muitas vezes, parar as atividades da empresa para que o fotógrafo possa realizar o seu trabalho.  Esse é o ponto crítico.


Preparar o ambiente é encontrar o tempo necessário para o fotógrafo realizar o trabalho, e isso pode ser o mais complicado de conseguir, pois depende do cliente, da rotina da empresa e das pessoas que trabalham no local, é algo bem diferente de organizar comparado a um ambiente residencial. 


Um escritório de advocacia, por exemplo, é tomado por livros e papéis importantes que representam processos e interferem na vida das pessoas. Não dá pra correr riscos de extraviar algum documento. É interessante que alguém responsável pelo escritório acompanhe e coordene a organização do ambiente.  


Enfim, cada caso é diferente do outro e pode depender do jogo de cintura para desenvolver a preparação do ambiente. Mas esse é o ponto inicial e o mais importante, e as vezes pode ser mais fácil do que imaginamos. Uma boa conversa resolve a situação. "Pesquisas" apontam que sim :)


Mas como preparar um ambiente antes de fotografar?


Uma boa conversa entre os envolvidos ajuda muito, é nesse momento que acertamos os pontos e combinamos como será realizada a sessão de fotos, o que será fotografado, o tempo necessário e quem estará envolvido durante as fotos.

 

Digamos que o seu desejo seja fotografar os ambientes, decoração, arquitetura e também, as pessoas. Afinal, o projeto foi feito para as elas, nada mais atual do que compartilhar e fazer parte. Aí, nesse caso, é mais interessante deixar para fotografar a equipe no fim, quando as fotos dos ambientes já foram feitas. Assim, você não precisa organizar novamente o ambiente. 


Acredite, olhando pro ambiente pode passar despercebido um copo de plástico deixado ao lado do monitor, mas quando você abre a foto no computador a primeiro coisa que vai aparecer é o bendito copo, não vai ficar legal.


Bom, se as suas fotos não terão pessoas envolvidas, o caminho talvez seja fazer as fotos no final de semana ou após o horário comercial (onde não há expediente) é uma saída que funciona muito bem. Assim o fotógrafo pode trabalhar tranquilo e sem a pressão para atrapalhar a inspiração e a sensibilidade do olhar.


Todos esse empenho é para que lá no final, na entrega das fotos, todos olhem e se encantem com o projeto. Que os olhos brilhem, esse é o objetivo. Lembre-se, uma boa imagem vende.


Você tem um projeto corporativo para fotografar ou tem outras dúvidas? Entre em contato.




Francis Larsen é administrador e fotógrafo por paixão e dedicação, especializado em arquitetura e interiores. É formado pela Fundação Getúlio Vargas (MBA). Natural de Florianópolis, hoje vive e trabalha em Curitiba fotografando para arquitetos, designers e empresas.